WhatsApp para eleições de 2018




Em 2016, uma pesquisa feita pelo IBGE divulgou dados da Pesquisa Nacional e segundo o estudo 81,4% dos brasileiros utilizam celulares e smartphones para acessar a internet — esse número já supera os acessos por meio de computadores, que é utilizado em 75,6% das residências. Mas o que isso tem a ver com o WhatsApp nas eleições?

Todos sabemos que o aplicativo mais usado entre todos é o WhatsApp hoje em dia com mais de 120 milhões de usuário no Brasil as possibilidade de utilizar o WhatsApp nas eleições são inúmeras.

Diante desse quadro, fica difícil ignorar a força do WhatsApp marketing e das estratégias de mobile marketing

Então como criar suas estratégias com o WhatsApp marketing nas eleições?

Neste post separamos 5 dicas de estratégias para usar o WhatsApp marketing nas eleições, fique ligado!

5 maneiras de usar o WhatsApp nas eleições

1. Oferecer informações aos eleitores

Como todos sabemos o WhatsApp é um aplicativo de troca de mensagens, porém conta com uma estrutura bastante diferente do já tradicional SMS.

Não estamos falando somente do uso convencional, mas também da possibilidade de escrever mensagens maiores (9000 caracteres contra 160 caracteres), além de poder enviar imagens, vídeos e áudios.

Com isso você consegue entregas uma informação mais completa mais intuitiva para o seu eleitorado.

2. Chamar seu eleitorado para participar

Enfrentamos diversos desafios em uma campanha como a desconfiança com a classe política. Mas isso não significa que seja uma missão impossível.

O WhatsApp marketing, é uma ferramenta que ajuda na comunicação de maneira simples, de modo mais informal com isso você pode convidar seus amigos, eleitores e equipe para estarem e eventos, caminhadas etc.. 

3. Chamada para mobilização

Comícios, caminhadas, passeatas, carreatas, bicicletadas, visitas a bairros e comunidades, debates… Uma agenda de campanha política é bastante movimentada e a participação dos apoiadores é imprescindível em todas as ações.

O WhatsApp marketing para eleição é um meio dinâmico e um excelente mecanismo para mobilizar as pessoas e envolvê-las ainda mais na campanha.

Na hora de chamá-las para as mobilizações, lembre-se de que o conteúdo é facilmente compartilhável e elas podem enviar para as suas listas de amigos, então prepare um material próprio para isso.

4. Atendimento ao eleitor

As pessoas têm dúvidas e querem que os candidatos as respondam. O WhatsApp marketing para eleição pode se tornar um canal de atendimento para essas pessoas.

Disponibilize alguns números para que os eleitores possam enviar as mensagens com as suas dúvidas e questionamentos a respeito da campanha e sempre responda.

Além de aumentar a interatividade e se aproximar da população, ainda é possível avaliar como a campanha tem sido recebida e qual o impacto das propostas do candidato na sociedade.

5. Ofereça bom conteúdo

Assim como qualquer estratégia de marketing digital o conteúdo é a principal ferramenta para chamar atenção e atrair pessoas.

Nenhuma das estratégias listadas acima terá grandes resultados se um excelente conteúdo não for utilizado — seja na apresentação da proposta, nos convites para participação dos atos de campanha, no diálogo com a população ou na reposta para as dúvidas.

Um conteúdo de qualidade sempre será a principal ferramenta, inclusive para o WhatsApp nas eleições.

Gostou deste artigo sobre o uso do WhatsApp nas eleições? Entre em contato com a SpeedMarket e saiba como podemos te ajudar ainda mais!